Tema ainda divide a equipe econômica e a direção da Petrobras | Foto: Divulgação

O Conselho de Administração da Petrobras reúne-se, nesta sexta-feira (29), para discutir a relação entre os preços cobrados pela estatal aos motoristas brasileiros e o quanto paga para importar o combustível. Como resultado, a estatal deve definir um novo reajuste no valor do produto, que já sofreu alta com impacto direto no consumidor em 2013. O tema, porém, ainda divide a equipe econômica e a direção da petroleira, por isso será arbitrado pela presidente Dilma Rousseff, que dirigia o conselho no governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Até o início da noite de quinta (28), não havia indicação de que Dilma apoiaria o pedido da Petrobras por um novo mecanismo automático de aumento dos combustíveis. Com informações da Agência Estado.