17414103

O governo é considerado de forma positiva somente por 7,7% dos entrevistados | Foto: EVARISTO SA / AFP

Levantamento produzido pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT) em conjunto com a MDA Pesquisa mostrou que a avaliação negativa do governo Dilma Rousseff está em 70,9%, ante 64,8% da pesquisa anterior. O governo da petista é avaliado positivamente por 7,7% dos entrevistados, ante 10,8% da pesquisa anterior, realizada em março deste ano. De acordo com o Estadão, Dilma chega ao pior índice de popularidade da série histórica feita pela CNT, iniciada em 1998. De acordo com o levantamento, 18,5% disseram que o governo Dilma é “ruim” e 52,4% afirmaram que ele é “péssimo”. Já 20,5% consideraram que o governo é regular, 6,2% disseram que o governo é bom e 1,5% classificaram o governo como ótimo. A porcentagem dos entrevistados que não souberam ou não responderam é de 0,9%. Os dados refletem a crise política atual: 62,8% das pessoas são favoráveis ao impeachment da presidente. Foram entrevistadas 2.002 pessoas em 137 municípios de 25 unidades federativas entre os dias 12 e 16 de julho de 2015. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

Eleições- De acordo com o portal iG, para 44,8% da amostra, se o candidato tucano Aécio Neves (PSDB) tivesse vencido as eleições presidenciais de 2014, o governo dele estaria melhor do que o de Dilma; 36,5% acreditam que estaria igual e, para 10,9%, o cenário poderia ser pior. Se as eleições fossem hoje, num cenário com Aécio Neves, Lula, Marina e Bolsonaro, Aécio ganharia com 35,1% dos votos. Lula teria 22,8%, Marina, 15,6% e Bolsonaro, 4,6%.