Após assembleia realizada na noite desta segunda-feira (23 em Salvador, os bancários reafirmaram a greve da categoria que, segundo o sindicato, mobiliza 722 agências na Bahia, sendo 261 na capital. “Decidimos que a categoria está forte e que o movimento está mantido porque ainda não recebemos propostas efetivas dos patrões”, explicou Adelmo Andrade, diretor do Sindicato dos Bancários da Bahia. Os bancários que atuam na Bahia aderiram ao movimento nacional da categoria e deflagraram greve desde a quinta-feira (19) em todo o estado. Na pauta de reivindicação, o sindicato pede maior participação nos lucros e resultados, fim das metas e do assédio moral, investimentos em saúde e segurança e melhores condições de trabalho. A greve foi deflagrada por tempo indeterminado. (G1/Bahia)