Foto: Ilustração

Os pais de um garoto de dois anos e quatro meses denunciaram  à polícia, na noite desta segunda-feira (18), uma creche particular, da cidade de Barreiras, no Oeste da Bahia, por conta de maus-tratos que  a criança estava sendo submetida no local. Segundo informações do delegado Joaquim Rodrigues, que investiga o caso, o casal, que não teve a identificação revelada, flagrou o filho amarrado em um carrinho de bebê, que ficava  preso à grade de uma janela de um quarto escuro. Ainda de acordo com o delegado, os pais da criança desconfiavam que algo de errado se passava com o filho, devido ao comportamento agressivo que ele começou a apresentar e à sua indisposição de ir para a creche. Preocupados, eles foram ao local e acabaram contando com a colaboração de uma funcionária, que não compactuava com os maus-tratos e contou o que acontecia. No momento em que a criança estava amarrada, eles estiveram no local e comprovaram agressão. O depoimento do casal foi tomado na tarde desta terça-feira (19) e na manhã desta quarta (20), será ouvida a dona da creche, além de funcionários. A polícia só divulgará o vídeo e nomes dos envolvidos, após ouvir os acusados. (Aratu)