Share Button

Por g1 SC

Davi Lucca nasceu 3,320 quilos e 46.5 centímetros | Foto: Vanuza Lolatto/Reprodução

A fotógrafa Vanuza Lolatto foi responsável por fazer as fotos durante o parto de Sandra Rosset em São Miguel do Oeste, em Santa Catarina. Contudo, o que ninguém esperava, inclusive o obstetra, Romar Pagliarin, é que o pequeno Davi Lucca Rosset Basso viesse ao mundo empelicado, ou seja, envolto na bolsa amniótica. A cesárea ocorreu na última terça-feira (21). Mãe e filho tiveram alta médica na quinta-feira (23) e passam bem. O registro do nascimento raro foi feito em foto e vídeo. “Ver um nascimento assim é incrível, um dádiva. Me sinto privilegiada por participar de momentos assim”, disse a fotógrafa.Segundo a clínica, esse é o quarto bebê a nascer desta forma no local em quase dois anos. O registro é considerado raro, uma vez que o saco gestacional estoura quando o bebê está prestes a nascer, inclusive em procedimentos como a cesárea. Segundo o obstetra Romar Pagliarin, médico há 27 anos, não havia como prever que Davi Lucca nasceria desta maneira. “É um nascimento muito bonito, o bebê vindo dentro da bolsa e ainda se mexendo. Praticamente ainda no meio intrauterino. Ainda em contato com a mãe. É um nascimento bem emocionante”, disse o médico. Davi Lucca nasceu 3,320 quilos e 46,5 centímetros.