Share Button

Por O Globo

(Dallas - Texas, 15/05/2019) Presidente da República Jair Bolsonaro fala com a imprensa.rFoto: Isac Nóbrega/PR

Presidente da República Jair Bolsonaro fala com a imprensa | Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores no Palácio da Alvorada nesta terça-feira que a Polícia Federal reabrirá as investigações sobre a facada que levou durante a campanha eleitoral de 2018, em Juiz de Fora. Logo depois, questionado por jornalistas, disse que não quer “forçar nada”, mas que acha “prudente” a retomada das investigações, “dentro da legalidade”, para descobrir o suposto mandante do crime. “Vai ser reaberta a investigação. Vai fazer a investigação. Foi negligenciado. A conclusão foi o ‘lobo solitário’. Como é que pode o ‘lobo solitário’ com três advogados, com quatro celulares, inclusive andando pelo Brasil”, disse Bolsonaro a uma fã que o interpelou sobre o assunto. “Eu entendo que o meu caso é 200 vezes mais fácil de solucionar do que o da [vereadora] Marielle [Franco]. O meu tem o assassino e tem uma série de indícios e quase ele teve sucesso. Eu fui salvo por milímetros”, afirmou. O “lobo solitário” em questão é Adélio Bispo de Oliveira, autor da facada. Ele foi declarado inimputável porque, segundo pareceres médicos da defesa e da acusação, sofre de problemas mentais. Em junho do ano passado, a Justiça Federal mineira converteu sua prisão preventiva em internação por tempo indeterminado.