Uol
balanca-comercial-tem-pior-novembro-em-12-anos-03-12-2012-16-31-650-750

Foto: Divulgação

A diferença entre as transações do Brasil com o restante do mundo ficou negativa em US$ 90,948 bilhões em 2014, ou o equivalente a 4,17% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo informações divulgadas pelo Banco Central (BC) nesta sexta-feira (23). A diferença, que inclui tanto produtos quanto serviços, é chamada de conta de transações correntes. É o pior desempenho desde 2001. O resultado também é pior que o previsto pelo BC, de US$ 86,2 bilhões. O que mais pesou foi o desempenho ruim da balança comercial, com as importações superando as exportações em US$ 3,93 bilhões. Em 2013, a conta ficou negativa em US$ 81,1 bilhões, ou 3,62% do PIB. Somente em dezembro de 2014, a conta foi negativa em US$ 10,317 bilhões. Para este ano, a tendência é de mais dificuldade para as contas externas do país mesmo considerando a recente valorização do dólar em relação ao real, que pode ajudar nas exportações. “A tendência para 2015 é que a balança comercial melhore. A primeira razão é a taxa de câmbio, depois a perspectiva de maior volume de comércio internacional e, na parte de petróleo, a expectativa de que tenhamos saldo comercial melhor (na conta petróleo)”, afirmou o chefe do departamento Econômico do BC, Tulio Maciel.