Considerando todas as tecnologias, Vivo é a líder do setor móvel | Foto: Divulgação

Pela primeira vez desde o começo das medições da Anatel, a telefonia móvel no Brasil perdeu acessos. Segundo os dados divulgados nesta quarta-feira (6), referentes ao mês de setembro, a base total encolheu 173,6 mil linhas no período, totalizando 268,2 milhões de acessos. A queda de 0,06% em relação a agosto desvia completamente da tendência de crescimento nos dois meses anteriores, quando a base chegou a crescer 1,4 milhão de linhas.

A maior parte dessa queda foi o recuo de 463,3 mil conexões na Vivo, que basicamente perdeu quase todas as linhas que havia ganhado entre julho e agosto, possivelmente em função de ajustes na base e corte de assinantes inativos. A Oi e a TIM perderam 35,5 mil e 31,7 mil acessos respectivamente. A única das quatro grandes operadoras a aumentar a base total foi a Claro, com 321,2 mil novas linhas. Ainda assim, o crescimento de 0,48% foi inferior ao registrado no mês anterior (0,65%).

Considerando todas as tecnologias, a líder do setor móvel continua sendo a Vivo, com 28,56%, seguida pela TIM (com 27,17%), Claro (25,14%) e Oi (18,64%). (Eco Finanças)