RTEmagicC_4403831e0d.jpg-e1421930813535

Brasileiro condenado na Indonésia escolher ser fuzilado de pé e vendado.

O brasileiro condenado à morte no último sábado (17) na Indonésia, Marco Archer Cardoso Moreira, 53 anos, escolheu ser executado de pé e vendado, segundo reportagem da “Folha de S. Paulo”. Ele tinha a opção de sentar em uma cadeira ou se ajoelhar. Em reportagem publicada nesta quinta-feira (22), o jornal revela que os outros quatro executados lado a lado dele fizeram a mesma escolha. O brasileiro morreu dez minutos após ser atingido por um único tiro de fuzil no peito. O tiro foi disparado de uma distância de menos de dez metros. Após um médico constatar a morte do primeiro brasileiro morto por condenação na história, o corpo de Archer foi vestido com um terno preto, dado pelo governo da Indonésia, e colocado num caixão branco. O corpo foi cremado em uma folha de bananeira, ainda de acordo com a “Folha”. Marco foi preso em 2004, no aeroporto de Jacarta, ao tentar entrar no país com 13 quilos de cocaína escondidos nos tubos de uma asa-delta.