Share Button

Foto: Jailson Santos

Um cachorro acompanhou o velório da tutora dele, que morreu após um infarto, na cidade de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. O animal, chamado de ‘Toy’ e que estava com Luzinete Lopes Diniz desde que era filhote, chamou a atenção dos presentes, pois chorava bastante e não saía do local. “Ele ficava do lado, sempre chamando ela, arranhando o caixão. Queria entrar no caixão quando estávamos colocando o corpo dela “, contou Jailson Santos, dono da funerária Almeida Camaçari, que trabalhou no velório, e amigo da família de Luzinete. Ao G1, Jailson contou que Luzinete e Toy sempre tiveram uma amizade muito grande. Era o cachorro que acompanhava a idosa, que era Testemunha de Jeová, quando ela ia ao Salão do Reino. “Ele levava ela para o salão e esperava ela sair. Ia no supermercado, era como se fosse um filho mesmo”, disse. “Ele estava com ela desde bebezinho. Ela tinha ele como filho, tratava como filho”, contou o amigo da família.