Foto: Divulgação

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (31), a criação de 1.437 cargos no Ministério Público da União. O projeto, que ainda segue para votação no Senado, prevê a formulação de 687 novos ofícios de procurador e 750 funções comissionadas no quadro de pessoal. De acordo com informações obtidas pela Folha de São Paulo, as estimativas de impacto orçamentário da proposta giram em torno dos R$ 22 milhões: R$ 4,2 milhões em 2013, R$ 9 milhões em 2014 e R$ 9 milhões em 2015. Os cargos serão providos de forma gradual até 2020, sendo, por exemplo, 60 em 2014 e 108 em 2015. O MP justifica o pedido com a alegação de que a medida “busca fortalecer a gestão administrativa e melhor estruturar o órgão nos estados”. (BN)