A greve dos caminhoneiros, entre os dias 1º e 4, resultou em 92 interdições em rodovias federais e estaduais em dez estados, segundo balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Vinte e sete pessoas foram presas durantes as manifestações. No Rio Grande do Sul (RS), um dos estados mais atingidos pelas paralisações, a PRF contabilizou 35 bloqueios em sete rodovias, como a BR-101, a BR-116 e a BR-392. Um caminhoneiro de 44 anos foi morto na noite de quarta-feira (3) ao ser atingido por uma pedra que atravessou o para-brisa do veículo que dirigia depois de passar por um bloqueio na BR-116, na altura do município de Cristal, no Rio Grande do Sul. Ainda na BR-116, por volta das 5h30 de ontem, quatro pessoas morreram em um acidente entre uma carreta e uma van, num trecho do km 900 da rodovia que estava fechada pelos manifestantes, próximo a Cândido Sales, no Sudoeste baiano. 

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dez pessoas estavam na van, que saiu de Gavião, a 242 quilômetros de Salvador, em direção a São Paulo. Ao tentar seguir pelo acostamento, o motorista da van não conseguiu frear para desviar da carreta. A van colidiu com a traseira do caminhão. Outros cinco ocupantes da van ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital Geral de Vitória da Conquista.