Do G1 BA
noticias-406f1c580f-e1414063551495

Foto: Reprodução

Um candidato a soldado morreu após se sentir mal durante a realização do Teste de Aptidão Física (TAF), da Polícia Militar, nesta quarta-feira (22). Egberto Oliveira de Jesus desmaiou e foi socorrido pelo Departamento de Saúde da PM. Ele foi levado com apoio de uma UTI móvel para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Roma, e o falecimento foi confirmado às 17h. Segundo a PM, o soldado deu entrada na unidade de saúde com os sinais vitais recuperados. “A corporação lamenta profundamente o ocorrido e se solidariza com os familiares”, afirma a PM em nota.

Histórico – No dia 16 de dezembro de 2013, quatro militares passaram mal em teste para participação no Curso de Operações Policiais Especais (Copes) e três deles morreram. Eles participavam de uma prova que teria 10 km de corrida.  O curso foi suspenso e foi informado, à época, que o caso era inédito na história da corporação. A suspeita apontada pelo comando da PM foi a de que os policiais tenham feito uso de alguma substância para aumentar a resistência.