A Tarde
650x375_chapada-diamantina-vale-do-capao-incendio-fogo_1585310

Brigadistas mantém combate ao fogo na Chapada | Foto: Bahia Drone/Reprodução/Facebook

Os focos de incêndios que atingem a Chapada Diamantina, na Bahia, estão sob controle nesta segunda-feira (23), mas não foram totalmente debelados. No Vale do Capão, município de Palmeiras, uma das áreas mais atingidas pelas chamas, os brigadistas conseguiram conter o incêndio na Serra da Moitinho, onde o fogo se intensificou durante a manhã deste domingo (22). Após combate durante todo o dia, os brigadistas conseguiram controlar a situação, de acordo com a Associação de Condutores de Visitantes do Vale do Capão (ACVVC). Cenário semelhante acontece no município de Lençóis. De acordo com o guia turístico e membro voluntário da Brigada de Resgate Ambiental de Lençóis (Bral), William Barros, diariamente o fogo é debelado, mas volta a reacender. “Está tudo controlado (entre aspas) no momento, porque (o fogo) acaba voltando. Conseguimos conter as labaredas, mas ainda há incêndio em áreas de turfa (material de origem vegetal, parcialmente decomposto) “, diz. O brigadista voluntário explica que o fogo que atinge essas áreas de turfa acaba se propagando para outras regiões, criando novas “linhas de fogo”. Ele lembra que a situação se complica ainda mais por conta da dificuldade de acesso a essas áreas. “Tem locais que são quase inacessíveis até para os guias mais experientes. Nem as aeronaves conseguem chegar”, afirma.

Chuva

A expectativa dos moradores da Chapada Diamantina para conter totalmente o incêndio é a chuva. Mas a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Cláudia Valéria Silva, disse que há previsão de chuva localizada em algumas áreas da Chapada, mas nada que “resolva a situação” da região.