G1 BA

IMG-201503

Quatro suspeitos já haviam se entregado à polícia durante o sequestro, entre eles, um adolescente de 16 anos | Foto: Divulgação/PM

Um casal foi preso em um sítio do município de Conceição do Coité, a 211 quilômetros de Salvador, suspeito de ter articulado o sequestro da gerente de uma joalheria, grávida de oito meses, na cidade de Riachão do Jacuípe. A prisão ocorreu no final da noite de quarta-feira (18), nove horas após a vítima ter sido libertada e quatro suspeitos terem se entregado à polícia durante a execução do crime. De acordo com o coordenador de cartório e escrivão da delegacia de Riachão do Jacuípe, José Rodrigues, a polícia localizou o casal, por volta das 19h, a partir de informações dos dois homens presos e dois adolescentes apreendidos durante o sequestro. “Eles [casal] deram todo o apoio logístico ao bando, como alimentação e hospedagem. Além disso, articulavam informações com o suspeito de ser chefe da quadrilha, que comandava o bando de Salvador”, disse. Rodrigues detalha que os suspeitos, que se entregaram no momento do sequestro, confessaram que ficaram no sítio durante uma semana planejando o crime. Sobre o casal, a polícia conta que a mulher é moradora de Riachão do Jacuípe, cidade onde aconteceu o sequestro, e o homem é morador de Conceição do Coité. O sítio, segundo a polícia, era da mãe dele. Conforme Rodrigues, o casal está detido na delegacia de Riachão do Jacuípe. O homem suspeito de ser chefe da quadrilha, que é morador de Salvador, continua foragido.