WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio




Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana


:: ‘Destaque2’

Juiz do DF manda soltar Joesley Batista e Ricardo Saud; empresário e executivo devem entregar passaporte

Share Button

Por TV Globo e G1

Montagem mostra o empresário Joesley Batista (esq.) e o ex-executivo da J&F Ricardo Saud (dir.) (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Montagem mostra o empresário Joesley Batista (esq.) e o ex-executivo da J&F Ricardo Saud (dir.) | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara da Justiça Federal de Brasília, mandou nesta sexta-feira (9) soltar o empresário Joesley Batista, um dos donos da J&F, e Ricardo Saud, ex-executivo do grupo. Pela decisão, eles estão obrigados a: entregar o passaporte, não deixar o país sem autorização judicial, comparecer a todos os atos dos processos e manter os endereços atualizados. Procurado, o advogado de Joesley, André Callegari, informou que não comentará o assunto, mas acrescentou esperar que o cliente seja solto ainda nesta sexta. A J&F informou que não se pronunciará. Quando Joesley Batista e Saud foram presos, os advogados argumentaram ao STF que os dois “jamais cooptaram” algum membro do Ministério Público ou omitiram informações “maliciosamente”. No despacho, o juiz Marcus Vinícius Reis Bastos afirma que o “excesso de prazo” da prisão “corrobora o constrangimento ilegal”. “O requerido [Joesley Batista] tem residência conhecida, ocupação lícita e colabora com as investigações, sem notícia de antecedentes que o desabonem, circunstâncias que favorecem o pretendido restabelecimento de sua liberdade”. Ainda no despacho, o juiz Bastos observa que, segundo o Ministério Público, Ricardo Saud está na “mesma situação” de Joesley e, por isso, decidiu estender a revogação da prisão ao executivo.

Teto de creche desaba em Feira de Santana e atendimento é suspenso após chuva forte na cidade

Share Button

Por G1 BA

Foto: Paulo José / Acorda Cidade

Foto: Paulo José / Acorda Cidade

O teto de gesso de duas salas da creche municipal Marina Carvalho, em Feira de Santana, desabou na tarde da quinta-feira (8), depois que um temporal atingiu a cidade. Após o desabamento, a creche, que recebe crianças de 3 a 5 anos, ficou alagada. Por conta dos problemas, o atendimento foi suspenso nesta sexta-feira (9). A situação ocorreu por volta das 16h30. De acordo com a direção da unidade, não havia crianças no local no momento do incidente. Ninguém ficou ferido. Técnicos já começaram a reforma da unidade. Segundo a direção, a previsão é de que o serviço seja concluído até a terça-feira (13). Após as obras, o atendimento será retomado. Ainda conforme a direção da creche, a unidade foi reconstruída e inaugurada em outubro de 2016. De lá para cá, o prédio passou por algumas reformas estruturais, para resolver problemas de infiltração. Em nota, a Secretaria Municipal de Educação (Seduc) informou que o problema foi causado por entupimento de calhas. A secretaria ainda disse que havia sido relatada sobre uma pequena infiltração em outra sala, e que o problema não oferecia nenhum risco ao funcionamento da escola.

Jungmann pede distinção na lei entre usuário e traficante e diz que presídios criam ‘exércitos’ para o crime organizado

Share Button

Por G1

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, após reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia (Foto: Marcus Barbosa/G1

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann | Foto: Marcus Barbosa/G1

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, defendeu nesta quinta-feira (8) mudanças na lei antidrogas, a fim de deixar mais clara a diferença entre usuários e traficantes de drogas. Jungmann se reuniu com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmen Lúcia, e, entre outros assuntos, disse ter tratado com a magistrada sobre o assunto. “A lei antidrogas que nós temos faz uma distinção entre traficantes e usuários. Mas essa distinção precisa de uma quantidade que separa um do outro. Como a lei não traz essa quantidade, fica difuso, ao arbítrio de cada juiz decidir quem é usuário e quem não é”, disse Jungmann. Ao defender mudanças na lei, o ministro disse que o Brasil “prende muito, mas prende mal” e ressaltou que os presídios brasileiros estão “cheios de quem cometeu pequenos delitos, enquanto o grande traficante a gente não consegue colocar dentro das cadeias”. Para Jungmann, os presídios brasileiros são dominados por criminosos e, por isso, ao prender usuários de drogas e mantê-los encarcerados nesses locais, o Brasil está “entregando legiões e exércitos para o grande crime organizado”. “Nos últimos 16 anos, cresceu o número de vagas no sistema prisional, 171%. Mesmo assim, o déficit subiu em 269%”, disse, ao citar a superlotação nos presídios.

‘Perfil falso’: MP faz operação de combate a estelionato e violação sexual contra mulheres na Bahia

Share Button
abordava mulheres por aplicativos de mensagens ou sites de encontros amorosos e se passava por pessoas do sexo masculino

Suspeita abordava mulheres por aplicativos de mensagens ou sites de encontros amorosos e se passava por pessoas do sexo masculino | Foto: Ilustração

O Ministério Público da Bahia (MPBA), por intermédio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco), deflagrou na manhã desta quinta-feira (8) uma operação denominada ‘Perfil Falso’ para o cumprimento de mandados de busca e apreensão e de prisão contra Andreza Souza Dias Souza, suspeita de estelionato e violação sexual mediante fraude praticados contra dezenas de mulheres em diversas cidades do estado. De acordo a investigação, ela abordava as vítimas por aplicativos de mensagens ou sites de encontros amorosos e se passava por pessoas do sexo masculino, utilizando imagens subtraídas de terceiros em redes sociais e até manipulando a sua voz. “Com atuação convincente, alto poder de persuasão e extrema habilidade, a suspeita, passando-se por homens, ludibriava as vítimas a efetuar pagamentos e transferências em seu favor, que era apresentada como ‘sobrinha’ do personagem fictício por ela inventado”, explicam os promotores de Justiça que conduziram a investigação. Os crimes tiveram início em 2013, em Salvador. Além do mandado de prisão preventiva contra Andreza, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão nas cidades de Santo Antônio de Jesus e Nazaré, no recôncavo baiano, em endereços frequentados pela investigada. Foram apreendidos aparelhos celulares, computadores e documentos relacionados ao caso.

Notícias de Santaluz

MST invade parque gráfico do jornal O Globo

Share Button

Estadão Conteúdo

Grupo de mulheres do MST em frente ao Parque Gráfico - Foto: Divulgação/MST

Grupo de mulheres do MST em frente ao Parque Gráfico – Foto: Divulgação/MST

Um grupo com cerca de 500 Integrantes do Movimento dos Sem-Terra (MST) invadiu o parque gráfico do jornal O Globo, em Duque de Caxias, região metropolitana do Rio, na manhã desta quinta-feira, 8. Os manifestantes picharam paredes, vidros e móveis do local.  Eles também tentaram atear fogo em um totem com o nome do jornal, que não chegou a ser danificado. A ação foi gravada e divulgada nas redes sociais do grupo. De acordo com o MST, participaram mulheres do Levante Popular da Juventude, do Movimento dos Atingidos por Barragens e do Movimento dos Pequenos Agricultores, além de moradoras de comunidades da cidade. A ação faz parte da Jornada Nacional de Luta das Mulheres Sem Terra, que tem por lema a frase de Rosa Luxemburgo “Quem não se movimenta, não sente as cadeias que a prendem”. Não houve confronto. Meia hora depois da invasão, o grupo deixou o local. Em nota conjunta, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) , a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e Associação Nacional de Jornais (ANJ) repudiaram com veemência a invasão.“É inadmissível que um grupo, que se diz defensor de causas sociais, ameace e ataque profissionais e meios de comunicação que cumprem a missão de informar a sociedade sobre assuntos de interesse público. Atos criminosos como este são próprios de grupos extremistas, incapazes de  conviver em ambiente democrático, e não pautarão os veículos de comunicação brasileiros”, diz o comunicado.

Serei candidato até o fim, mesmo contra Temer, diz Maia

Share Button
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a possível candidatura à reeleição de Michel Temer é legítima, mas que, caso esse projeto se concretize, disputará com ele até o fim. “Se ele for candidato, vou disputar contra ele. Serei candidato até o fim, mesmo com a participação de Temer”, afirmou. Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o democrata escolheu o PSDB como seu principal adversário e disse que formar uma chapa com Geraldo Alckmin, hoje, seria, em suas palavras, “uma negligência política”. “A reeleição foi o grande câncer que o PSDB gerou para o Brasil. O país precisa que as pessoas que queiram construir um projeto possam colocar seu nome na disputa”, pontuou. O deputado, que fez críticas à atual política econômica, disse que não será garoto-propaganda do Planalto, mas que também não esconderá acertos do governo.

Em reunião com prefeitos, Temer pede ajuda dos municípios na mobilização pela segurança pública

Share Button

Com informações do G1 e TV Globo

O presidente Michel Temer discursa durante reunião com prefeitos para discutir segurança pública | Foto: Beto Barata/Presidência da República

O presidente Michel Temer discursa durante reunião com prefeitos para discutir segurança pública | Foto: Beto Barata/Presidência da República

Em reunião nesta quarta-feira (7) no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer pediu a prefeitos que auxiliem na mobilização nacional em favor da segurança pública. Temer reuniu os gestores em meio ao esforço do governo, que definiu a área de segurança como a principal prioridade neste ano. Em fevereiro, o presidente decretou a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro e, dias depois, criou o Ministério Extraordinário da Segurança Pública. Temer afirmou que a mobilização serve como uma espécie de recardo para quem “está na marginalidade”. “Essas movimentações chegam a quem está na marginalidade e, naturalmente, faz com que eles se preocupem […], porque saberão que terão uma resposta muito firme, muito segura das autoridades estaduais”, destacou. O presidente ainda defendeu uma “função mais efetiva” das guardas municipais. “Os senhores têm guardas municipais e nós precisamos, se me permitem a sugestão, uma função mais efetiva, mais participativa das guardas municipais”, disse, sem entrar em detalhes. Na semana passada, Temer comandou reunião semelhante com governadores e anunciou a criação de uma linha de crédito de R$ 42 bilhões para estados e municípios investirem em segurança. Segundo o governo, a maior parte dos recursos é oriunda do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES). Na oportunidade, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, informou que, dos R$ 42 bilhões em crédito, R$ 10 bilhões seriam destinados aos municípios.

Gilmar Mendes usou verba do STF para ir a casamento de enteada em Fortaleza

Share Button
Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

O ministro Gilmar Mendes usou a cota de passagens aéreas do Supremo Tribunal Federal (STF) para comparecer ao casamento de sua enteada. A viagem foi feita de Brasília a Fortaleza, no dia 20 de agosto do ano passado – a cerimônia foi celebrada no dia 21, na capital cearense. Segundo o jornal Valor Econômico, os dados foram obtidos no portal da Transparência da corte. O custo total das passagens de ida e volta, que ocorreu no dia 22, foi de R$ 2.615,98. O casamento em questão é da advogada Maria Carolina Feitosa com o empresário Chiquinho Feitosa (DEM), realizado no porto do Mucuripe. De acordo com a publicação, o auxílio-viagem está disponível aos 11 ministros do STF, sem que haja alguma norma ou lei do regimento interno que os obrigue a justificar as viagens. Neste ano, os magistrados contam com R$ 51,6 mil disponíveis para o benefício. No ano passado, a cota era de R$ 50,4 mil.

Comissão mista para analisar MP que altera reforma trabalhista é instalada

Share Button
Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

Uma das comissões mistas instaladas pelo Congresso Nacional, nessa terça-feira (6), vai apreciar a medida provisória (MP) da reforma trabalhista. A MP 808/2017 altera trechos das mudanças feitas na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que foram aprovadas pelos parlamentares. Foram sugeridas 967 emendas que serão analisadas nas próximas semanas pelos 26 parlamentares que integram o colegiado.  Segundo informações da Agência Brasil, o senador Gladson Cameli (PP-AC) foi eleito presidente e o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA), o vice da comissão. Os focos da MP são a jornada de trabalho intermitente, as condições de trabalho para grávidas e lactantes, a contribuição coletiva e outras questões. Outras medidas que tiveram comissões instaladas foram a redução da idade mínima para o saque das cotas dos fundos do PIS/Pasep e a retirada da proibição para que a empresa Pré-Sal Petróleo (PPSA) atue diretamente na comercialização de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos.

Derrotado no STJ, Lula diz que levará candidatura ‘até as últimas consequências’

Share Button
Foto: Ricardo Stuckert

Foto: Ricardo Stuckert

Após ter sofrido um revés no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que negou por unanimidade o habeas corpus preventivo da sua defesa para evitar a prisão após condenação em segunda instância, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta terça-feira (6) que usará todos os recursos disponíveis para garantir sua candidatura à Presidência. De acordo com a Folha de S. Paulo, a fala do ex-presidente aconteceu durante reunião com representantes da Central de Movimentos Populares (CMP), em São Paulo. “Vou levar minha candidatura até as últimas consequências”, afirmou Lula, segundo a publicação. Conforme relato do coordenador do movimento, Raimundo Bonfim, o petista também defendeu que há uma tentativa de impedir a candidatura mais forte do campo da esquerda. A conversa ocorreu durante o julgamento do STJ.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia