Share Button

Por TV Globo

Foto: TV Globo/Reprodução

O chef de cozinha Ricardo Menezes Silva, de 40 anos, morreu no sábado (7) após ser agredido em uma briga, na Feira do Guará, no Distrito Federal. Segundo testemunhas, a vítima e outro homem, identificado como Bruno Sales de Melo e Silva, de 30 anos, estavam bebendo juntos em um bar e, por volta das 11h30, iniciaram uma discussão. Em seguida, foram até o estacionamento, onde trocaram socos e chutes. A Polícia Civil afirma que a briga foi por conta de um celular. Ao perceber a gravidade das agressões, o próprio suspeito tentou reanimar a vítima, sem sucesso. Os bombeiros também tentaram socorrer Ricardo por cerca de 40 minutos, mas ele não resistiu a uma parada cardiorrespiratória. Bruno Sales foi preso em flagrante e, segundo o delegado Paulo Márcio, da 1ª Delegacia de Polícia, na Asa Sul, foi autuado por homicídio qualificado, por motivo fútil. Ele alegou que agiu em legítima defesa. Após o crime, o local ficou sob os cuidados da Polícia Militar. A vítima deixa dois filhos. Parentes de Ricardo estiveram no local e ficaram comovidos. Segundo a família, ele cresceu no Guará, era conhecido na região e pretendia abrir um restaurante em breve.