Uma cena pouco comum marcou o culto em uma igreja no município de Conceição do Coité, na noite do último sábado (6). Tudo por conta do sargento da Polícia Militar Jobson Feliciano, que em plena atividade, e no comando da guarnição, parou a viatura na frente da igreja e atendeu a um convite do pastor em participar de um louvor. Logo em seguida, Jobson, que está na PM há 25 anos, cantou um louvor e depois de 7 minutos, segundo ele, deixou a igreja e continuou as rondas pela cidade. Em entrevista o site Calila Notícias, ele disse que recebeu um convite de Deus.

RTEmagicC_sargento_louvor_txdam240999_1d2674.png-e1b1a35149

Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias

“Deus falou no meu coração desde quinta-feira (4) dois dias antes, quando iniciava uma festividades de senhores naquele lugar, e eu disse: vou passar por lá sábado fardado, porque Deus falou comigo, Dai a gente precisa cumprir a missão de atender a sociedade, e toda hora que eu pretendia ir a igreja aparecia um problema e tinha que resolver, quando sanou tudo eu fui pra lá, mas foi chegando o pastor me chamando, dai os holofotes as pessoas olhando pra mim,foi quando falei que, o que ali estava fardado, não era mais um soldado da PM, não era o sargento, e sim um servo de Deus, ali era a imagem do Senhor Jesus Cristo, Deus me usou grandemente e eu louvei a Jesus com aquele hino, a igreja toda se emocionou”, contou. 

Sobre alguma punição, o sargento disse não ter medo e que já comunicou ao capitão do comando que já tinha adotado a mesma religião. “O capitão está satisfeito com nosso serviço e ele também é servo de Deus. Eu não tenho medo de divulgar o que faço por Deus, eu fiz porque Ele me chamou naquele lugar, e mais vezes eu vou fazer, para onde for convidado estarei lá, vou trazer um grupo de policias fardados de Feira de Santana para um culto. O que fiz faria novamente, uma vez que estou amparado por Deus. Primeiro eu fiz o serviço da sociedade”, disse ao Calila Notícias.