Três irmãos foram baleados na manhã de quarta-feira (21), dentro de uma casa, em  Conceição do Coité. Segundo informações de Clenilza da Mota Almeida, mãe das vítimas de 12, 15 e 17 anos, os filhos estavam sentados no sofá quando um homem arrombou a janela e entrou no local atirando.

Ainda segundo Clenilza ela estava dormindo e ao escutar o barulho dos disparos, levantou e entrou em luta corporal com o atirador. ”Cheguei a agarrar no braço dele e a arma ficou apontada na direção do rosto dele”, disse a mulher para a reportagem do Calila Notícias.

O projétil poderia ter atingido também a primeira vértebra da coluna, o que poderia deixá-lo paraplégico.

Bala ficou alojada no couro cabeludo.

Ainda segundo a dona de casa, dois homens participaram da ação, mas apenas um entrou no local. Após atirar nas vítimas os acusados fugiram. As vítimas foram socorridas para o Hospital Regional e Climecc onde receberam os primeiros socorros. O adolescente de 17 anos foi alvejado por dois disparos. A jovem de 15 foi atingida por um disparo na cabeça. Segundo a equipe médica a bala ficou alojada no couro cabeludo. Mesmo com estado de saúde estável, os dois foram transferidos para Feira de Santana.

A vítima de 12 anos também foi atingido e a bala ficou alojada na nuca da criança.“Ele pode comemorar duas datas de nascimento por ano, porque o que aconteceu com ele é muito raro. A bala entrou na cabeça, mas não chegou ao cérebro, pois foi segura pelo capuz da blusa que usava e o pano também entrou no couro cabeludo e não furou com a bala”, disse o médico.

garotinho-com-a-bala-cravad

A bala entrou na cabeça, mas não chegou ao cérebro, pois foi segura pelo capuz da blusa.

“O cara quando chegou não falou nada, atirou em meu irmão, depois em minha irmã e por último em mim. Eu deitei protegi minha cabeça com o cobertor e coloquei minhas mãos, a bala passou pelos meus dedos e ficou presa em minha cabeça, depois disso eu sair correndo e subir numa lage de uma casa de onde eu vi a moto sai”, contou a criança.A tripla tentativa de homicídio é investigada por agentes da delegacia de Conceição do Coité. A motivação e autoria não foram divulgadas. (Informações e fotos Calila Notícias)