OS PIORES ERROS DA DIETA

PULAR REFEIÇÕES:  Pular as refeições não ajuda a perder mais peso, pelo contrário. O ideal é comer a cada três horas para que o metabolismo continue acelerado ao longo do dia, o que ajuda a queimar calorias e controlar a fome.

NÃO BEBER LÍQUIDOS O SUFICIENTE:Todo mundo precisa consumir pelo menos 2,5 litros de bebidas não alcoólicas e não açúcaradas por dia. Além de água, isso inclui chá, suco natural ou sopa. Tudo conta.

ABUSAR DE ALIMENTOS LIGHT:Em geral, alimentos light oferecem menos açúcar, gordura e calorias que a versão original, mas isso não quer dizer que podem ser consumidos à vontade. Sua função é economizar calorias desde que sejam ingeridos com moderação.

COMER POUCOS LEGUMES:Qualquer dieta deve ser rica em fibras, e os legumes e verduras contribuem generosamente para isso. Por isso, o indicado é consumir uma porção generosa no almoço e no jantar.

NÃO FAZER LANCHES ENTRE AS REFEIÇÕES: Pular os lanches entre as refeições ou optar por alimentos gordurosos, como biscoito ou chocolate, prejudica a dieta. Se estiver em dúvida do que consumir, coloque iogurte, frutas, barra de cereais, cubinhos de cenoura e tomate-cereja em seu carrinho de compras.

COMER RÁPIDO:A forma de comer é o segredo para alcançar a saciedade, melhorar a digestão e evitar o inchaço. Tire um tempo para cada refeição, concentre-se nos talheres, mastigue bem e fique longe de televisão e telefones durante o almoço e o jantar.

PULAR O CAFÉ DA MANHÃ:Pular a primeira refeição do dia diminui a quantidade de açúcar no sangue e aumenta a fome mais tarde. O resultado é um metabolismo lento e um almoço com porções maiores.

ESTABELECER PROIBIÇÕES:Todo plano de perda de peso deve ter um dia livre na semana para comer algum alimento calórico, como pizza ou chocolate. Isso ajuda a não desistir da dieta e alivia as tensões.

CONSUMIR BEBIDAS ALCOÓLICAS:O ideal é evitar o álcool, mas se você não resiste a uma cervejinha, consuma apenas aos finais de semana.

EXCESSO DE SAL:O sal não é um alimento calórico, mas ajuda a reter líquidos, além de aumentar o risco de hipertensão e doenças cardiovasculares. Opte por temperos mais saudáveis.

Calila SantiagoDra. Calila Santiago
Nutricionista – CRN 4904
Pós graduando em Nutrição Clínica e Saúde Pública | [email protected]