xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.lzE4fk_SIR

Foto: Arquivo Pessoal

Um homem de 61 anos morreu neste domingo (19) em Feira de Santana, no centro norte baiano, após ter 99% do corpo queimado durante um assalto ao seu restaurante. Segundo o site Acorda Cidade, Manoel Carlos Santana estava no estabelecimento quando um homem identificado como Júnior desceu de um carro com um vasilhame na mão. Manoel teve os pés e mãos amarrados, foi torturado e, antes de fugirem, os bandidos teriam ateado fogo em seu corpo. Após a fuga, a vítima conseguiu correr para fora do restaurante, ainda em chamas, e foi socorrido por pessoas que passavam pelo local. Ele foi levado para o Hospital Geral Clériston Andrade, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a esposa do comerciante, Vera Lúcia Falcão Paim, o estabelecimento foi completamente destruído pelo fogo e toda mercadoria foi perdida. Não há informações sobre o valor levado pelos assaltantes. “Ontem eu estava com ele na loja e o deixei por volta das 16h. Quando cheguei em casa, recebi a ligação de que ele tinha se acidentado, pensei que fosse até um acidente de trabalho. Eu quero que seja apurado e eu quero justiça porque isso não se faz com um ser humano”, declarou Vera.