Nesta quarta-feira (4), o Comitê de Relações Exteriores do Senado dos Estados Unidos aprovou o projeto que autoriza o uso limitado de força militar americana na Síria. A aprovação foi por 10 votos a sete. Na próxima semana o projeto deve ser debatido e aprovado em plenário pelo Senado e pela Câmara de Representantes deve debater o projeto que prevê intervenção militar por 60 dias, período que poderia ser estendido para 90, e que proíbe explicitamente a presença de tropas terrestres na Síria. De acordo com o G1, o resultado desta votação pode ser considerado uma vitoria para o presidente Barack Obama, que busca apoio e aprovação do Congresso, para atacar o regime sírio de Bashar al-Assad, acusado de usar armas químicas contra civis. O governo sírio nega o uso das armas químicas e diz que é vítima de terroristas ligados à rede da Al-Qaeda, que tentam desmoralizar o país.