SONY DSC

Secretário Fábio Vilas-Boas esclareceu detalhes sobre o plano de gestão | Foto: Leonardo Rattes/Ascom Sesab

A criação de nove Núcleos Regionais de Saúde (NRS) em substituição às 31 Diretorias Regionais de Saúde (Dires) foi um dos assuntos discutidos na 216ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Saúde (CES), nesta quinta-feira (29), no auditório da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), no Centro Administrativo (CAB), em Salvador. Na ocasião, o secretário Fábio Vilas-Boas foi empossado como representante do Estado no conselho e esclareceu detalhes sobre o plano de gestão. De acordo com ele, as estruturas físicas ocupadas pelas antigas Dires serão mantidas como bases operacionais do sistema, que compreendem manutenção da rede de frio, dispensação de medicamentos, processamento de dados da vigilância e locais para fixação dos profissionais envolvidos nas ações de vigilância de saúde, além de toda infraestrutura logística necessária a essas atividades. O titular da pasta da Saúde esclareceu ainda que os profissionais, lotados nas antigas Dires, serão avaliados pelos coordenadores dos Núcleos e pela Superintendência de Recursos Humanos da Secretaria da Saúde (Sesab) para que sejam alocados nos núcleos e nas bases, levando em conta a qualificação de cada um e o interesse público. De acordo com ele, “o contingente de funcionários, que vier a ser considerado não essencial para a manutenção dos núcleos e das bases, será realocado para outras estruturas do Estado ou dos municípios, sempre respeitando a vocação funcional de cada um, com diálogo e interlocução permanente. Nenhum funcionário será realocado de forma arbitrária, unilateral, sem prévio acordo entre as partes”.

Redação Notícias de Santaluz