Share Button
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o senador eleito Angelo Coronel (PSD) discordou da tese do vice-governador João Leão (PP) de que Otto Alencar (PSD) “não tem mais idade” para ser candidato ao governo da Bahia, e defendeu que Otto postule o Palácio de Ondina em 2022. “Defendo, dentro do meu partido, que tenhamos candidatura própria nas eleições de 2020 e 2022. Concordo com a tese de Jaques Wagner de que o PT deve abrir mão e apoiar um partido da base. E aí defendo que esse nome seja Otto Alencar. É uma pessoa que já foi testada em todas as funções. Tem competência e maestria. Conhece o estado da Bahia e os seus problemas”, declarou Coronel, em entrevista ao Bahia Notícias. Sobre a declaração de Leão de que Otto “não tem mais idade”, Coronel brincou: “Leão é engenheiro. Não é médico para aferir quem deve estar cansado para pendurar as chuteiras. Eu vejo Otto e Leão com muita vitalidade. Estão muito cedo para pendurar a chuteira”. Para Coronel, o governador reeleito Rui Costa (PT) pode ser candidato ao Senado ou até mesmo a Presidência da República em 2022. “Seria um nome para agregar o bloco da esquerda. É muito mais leve do que Haddad [que foi candidato ao Palácio do Planalto neste ano]”, pontuou.