Do G1 BA
xIMAGEM_NOTICIA_5.jpg.pagespeed.ic.yq9P3KtLnb

Criança morreu após ser atendida | Foto: Ubaitaba Urgente

A Polícia Civil pediu autorização à Justiça para exumar o corpo da menina de quatro anos que morreu ao engasgar com o próprio dente quando realizava um procedimento odontológico em Ubaitaba, no sul da Bahia.  “Nós queremos mais esclarecimentos sobre o laudo, que diz que ela morreu por insuficiência pulmonar. Com a exumação, nós teremos um laudo mais completo, que vai dizer se ela morreu por conta do dente ou não. Se o dente que caiu foi causa da morte, nós não temos como dizer ainda porque só temos a certidão de óbito”, explica o delegado do município, Miguel Francisco Cicerelli. Responsável pelo caso, ele não sabe quanto tempo levara para que a solicitação seja apreciada pelo juiz. Segundo ele, sete pessoas já foram ouvidas. A dentista responsável pelo procedimento deve ser a última a prestar esclarecimentos. Para o coordenador de saúde bucal de Ubaitaba, Frederico Monteiro, informou que todos os pacientes “gostam” da dentista e que a morte foi uma “fatalidade”. De acordo com o assessor administrativo da Secretaria de Saúde do município, Augusto Menezes, o setor jurídico da secretaria vai averiguar se foi um erro profissional.