Share Button
lula_pt

Foto: Filipe Araujo / Divulgação

Líderes do PT concordaram nesta quarta-feira (9) em alterar a formatação da disputa pelo comando do partido. De acordo com a Folha de S. Paulo, o acordo foi realizado em reunião no Instituto Lula. A proposta estabelece que uma eleição direta para definir os diretórios municipais, que vão eleger os diretórios estaduais, e que por sua vez vão escolher a direção nacional do PT em congresso. Dirigentes da Construindo um Novo Brasil (CNB), uma corrente dentro da própria sigla, defendiam eleição direta em todas as instâncias. No entanto, eles optaram por ceder aos pedidos da corrente integrada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ainda segundo a Folha de S. Paulo, despontam como candidatos a novo presidente do partido o prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, e o presidente estadual do PT em São Paulo, Emídio de Souza.