TS_Coletiva_Policia_Foto_Tomaz_Silva01130052016

Delegada Cristiana Bento | Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

A Polícia Civil do Rio concluiu o inquérito que investigou o estupro de uma adolescente, nos dias 21 e 22 de maio passado, numa favela da zona oeste da cidade. De acordo com a Folha de S. Paulo, a delegada Cristiana Bento pedirá à Justiça a prisão de seis homens e a apreensão de um menor. Inicialmente, a polícia investigou a participação de 33 pessoas no estupro coletivo. Menos de um mês após o início das investigações, a polícia conclui a investigação comprovando a participação de sete pessoas. Um novo inquérito será aberto para verificar se houve a participação de mais homens na violência contra a adolescente. “Como a adolescente diz que houve mais pessoas, a gente não descarta a informação”, disse a delegada Cristiana Bento, da Delegacia de Criança e Adolescente Vítima. A polícia também pedirá a prisão do traficante Sergio Luiz da Silva Junior, o Da Russa, chefe do tráfico do morro da Barão. A casa conhecida como “abatedouro” fica diante do QG do tráfico na comunidade.