IMAGEM_NOTICIA_5 (3)

Foto: Reprodução / Democratas

O novo líder do DEM na Câmara, Pauderney Avelino (AM), montou um grupo com seis advogados para monitorar a gestão da presidente Dilma Rousseff (PT). O núcleo jurídico criado na liderança do partido na Casa deverá passar um pente-fino nas matérias enviadas pelo governo ao Congresso e nas demais ações do Executivo. De acordo com a coluna Radar Online, de Veja, entre os trabalhos iniciais está a redação de emendas à medida provisória que trata dos acordos de leniência e ações na Justiça, para evitar que o Executivo alivie a vida das empresas flagradas em corrupção. O ministro da Saúde, Marcelo Castro, também deverá ser foco do núcleo. O peemedebista será alvo de ação na Justiça, caso deixe momentaneamente a pasta para votar em Leonardo Picciani na disputa pelo comando da bancada do partido na Câmara.