Share Button
EX-presidente Lula durante entrevista a TVE. Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Com o depoimento de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao juiz Sérgio Moro marcado para quarta-feira (10), está sendo montado um esquema de segurança de grandes proporções. A medida, que inclui a interdição de ruas próximas à sede do Judiciário, é para evitar brigas entre militantes de esquerda e oposicionistas do ex-presidente. Segundo informações da coluna Radar Online, da Veja, até os parentes dos presos da Lava Jato precisavam readequar suas visitas. Tradicionalmente às quartas, elas foram antecipadas para terça-feira (9), a fim de impedir que os familiares dos detentos passem por situações de sufoco em meio às manifestações.