Share Button

Bahia Notícias

Foto: Reprodução/Bocão News

Foto: Reprodução/Bocão News

Favorável ao prosseguimento da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), o deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ) levou uma mala com dinheiro falso para simbolizar o “poder dissolvente do dinheiro”, que para ele é a essência do processo que ocorre na Câmara Federal, nesta quarta-feira (2). Na sessão de hoje, os parlamentares deverão votar a admissibilidade da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Temer. O presidente foi acusado de corrupção passiva, decorrente das gravações da JBS. “Hoje é o dia das transferências milionárias. O Neymar está indo pra o Paris Saint-Germain (PSG). Bilhões, a maior transação da história. Hoje, aqui na Câmara, tem a maior transação de compra de votos da história e olha que é difícil competir com antecedentes aí”, compara Alencar. Mais cedo, o Barcelona confirmou a venda do jogador brasileiro para o time francês. Já no cenário político, aliados do presidente têm ameaçado corte de cargos para os que se mostrarem infiéis e garantido prioridade no repasse de recursos para aqueles que votarem pela rejeição da denúncia.