Do Portal O Dia

A sessão ordinária realizada na quarta-feira (4), na Câmara Federal, em Brasília, foi marcada por um momento de forte tensão entre parlamentares da base governista e da oposição – o que não será tão raro nesta nova legislatura. Tudo foi provocado por um pronunciamento do deputado federal Bruno Araújo (PSDB-PE), que decidiu reproduzir um áudio com promessas feitas pela presidenta Dilma Rousseff (PT) durante a campanha eleitoral de 2014. Ocorre que todos os compromissos em questão, firmados pela petista quando em busca de votos, agora estão sendo sistematicamente descumpridos, na sua segunda gestão – cujo início está marcado pela crise energética, pela crise hídrica e pela bancarrota na Petrobras. Na gravação, Dilma fala que a partir de 2015 os brasileiros teriam energia “mais barata e de melhor qualidade, sem nenhum risco de racionamento ou de qualquer tipo de estrangulamento [do sistema]”.Enquanto fazia caras e bocas, ironizando o discurso da petista, o deputado tucano era aplaudido por outros parlamentares da oposição, e alguns deputados do PT pediam desesperadamente que o presidente da Casa, o peemedebista Eduardo Cunha, interviesse no pronunciamento. “O que nós assistimos neste início de ano é um país absolutamente enganado. Nós assistimos, ao longo desse período, a maior traição e trapaça eleitoral da história republicana”, disse o tucano após expor a gravação aos seus pares.

Assista ao vídeo a seguir: