Agência Brasil
dinheiro-1

Foto: Divulgação

A Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (10), depois de muita discussão, projeto de lei que prorroga para até 2019 a atual política de valorização do salário mínimo. A política em vigor prevê reajuste pela inflação acumulada medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais a variação real do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes. Um acordo firmado pelas lideranças partidárias possibilitou a aprovação do texto principal do projeto. Foi adiado para esta quarta-feira (11) a votação das emendas e dos destaques que visam alterar o texto aprovado. Entre os dispositivos a serem votados estão alguns que propõem aplicar as regras de reajuste do mínimo nas aposentadorias e pensões, ação que o governo não concorda. O projeto aprovado estende o prazo referente à política de reajuste do salário mínimo até 2019, uma vez que a atual política vence neste ano.