Com informações do G1 e Bahia Notícias
20151106032113 (1)

Foto: Divulgação

Tomou posse como presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5) para o biênio 2015-2017, em cerimônia realizada na noite de quinta-feira (5), na reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, a desembargadora Maria Adna Aguiar. Nascida em Acajutiba (BA), a nova presidente do TRT5 é portadora de pólio desde os 2 anos de idade, com trajetória de vida marcada pela atuação social em defesa das minorias, especialmente as mulheres e os deficientes físicos. “Pela primeira vez na Justiça do Trabalho do Brasil, toma posse, talvez de todos os tribunais do país, como presidente uma mulher cadeirante. A sociedade ganhou. Chamo a todos que tenham filho, alguém em casa com alguma dificuldade, que se espelhem em mim. Eu cheguei a uma instância tão importante, de tanta responsabilidade, como é o TRT”, disse para a imprensa. Desembargadora desde 2001, Maria Adna é graduada em Direito pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 1974, especializou-se em Direito Processual Civil também pela UFBA e em Direitos Humanos pela Organização Internacional do Trabalho (OIT).

20151106032113

Foto: Divulgação

“A posse da Dra. Maria Adna à frente do nosso TRT (para os próximos anos) simboliza não somente a mulher na histórica conquista de espaços públicos relevantes. Significa também, em sua condição de cadeirante (porque vítima de grave enfermidade na infância) um sinal de que o amanhã se descortina com mais igualdade e justiça para todos/as. Ela nos leciona por meio do seu exemplo de superação, que nada detém o ser humano, quando o que o move é digno e ético. Senti-me, portanto, muito honrado por, entre autoridades e outros colegas da área jurídica, haver participado/assistido, ontem à noite, à sua posse. O ato e, em especial, a fala da Dra. Adna emocionou-me sobremaneira”, afirmou o advogado retirolandense Enézio de Deus, que participou da solenidade.