91744-3

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade (Arquivo)

Foi encontrado morto, neste sábado (12), em uma das celas do Conjunto Penal da cidade de Serrinha, o detento Márcio Carvalho Gomes, de 28 anos. Ele foi um dos que participaram da rebelião, em maio deste ano, no presídio de Feira de Santana, que deixou nove mortos, e por isso foi transferido com mais 15 pessoas para a prisão de Serrinha. Segundo a polícia, o corpo foi encontrado com um lençol enrolado no pescoço, na cela SE 02 do Pavilhão do Seguro, onde estavam mais três presos. No entanto, a esposa de Márcio acredita que ele tenha sido assassinado dentro da cela. Ela afirmou ainda que tanto ele quanto a família estavam sendo ameaçados. Márcio Carvalho Gomes cumpria pena desde dezembro de 2013 por praticar vários assaltos em Feira de Santana, sobretudo no bairro Parque Ipê. Ele e outro comparsa tomaram um veículo Gol durante um assalto e usaram o carro para cometer os demais roubos. O corpo dele foi liberado do Departamento de Polícia Técnica (DPT), de Feira de Santana, e será sepultado na cidade de Dias D’ávila. O delegado Hidelbrando Alves foi quem presidiu o levantamento cadavérico. Esta é a segunda vez este ano que um detento transferido de Feira de Santana para Serrinha é encontrado morto dentro de uma das celas do presídio. No dia 11 de julho, o corpo de Raimundo Nonato de Assis Santos, 38 anos, foi achado com sinais de enforcamento e pendurado, dentro da cela SE 02 do Pavilhão Seguro, mesmo local onde Márcio estava. Raimundo Nonato também foi um dos participantes da rebelião ocorrida no presídio de Feira. Ele morreu dias após ser transferido. Informações do Acorda Cidade.