Aulas só poderão ser iniciadas mediante a prévia confirmação biométrica e transmissão de dados do aluno

Através de portaria publicada nesta quinta-feira (30), no Diário Oficial do Estado (DOE), o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) estabeleceu o prazo de 90 dias para que os Centros de Formação de Condutores (CFC’s) se adequem à Resolução n° 444/2013 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que determina o uso do Simulador de Direção Veicular para obtenção da categoria ‘B’ nos processos de primeira habilitação, reinício de processo ou adição de categoria. Para a fiscalização das aulas, os simuladores vão dispor de conexão de dados via internet, ligando o Sistema de Monitoramento de Aulas no Simulador de Direção Veicular (SMAS) ao sistema do Detran, permitindo a transmissão das aulas em tempo real. O futuro condutor deverá realizar cinco aulas no simulador, com duração de 30 minutos cada, que poderão ser ministradas no mesmo dia, desde que tenham intervalo mínimo de 30 minutos. O aparelho simula 26 situações, a exemplo de condução e circulação noturna, obstáculos durante a condução, dirigir alcoolizado, entre outras. As aulas só poderão ser iniciadas mediante a prévia confirmação biométrica e transmissão de dados do aluno a ser monitorado pelo SMAS.

Redação Notícias de Santaluz