Dilma diz que educação terá R$ 112 bilhões dos royalties do petróleo em dez anos

A presidente Dilma Rousseff (PT) garantiu nesta segunda-feira (19), durante cerimônia em São Bernardo do Campo, que os recursos obtidos com a produção de petróleo serão destinados aos setores de educação e saúde. Segundo a líder nacional, 75% dos royalties irão para a educação e o restante à saúde. “Só seremos uma nação desenvolvida se nós utilizarmos as riquezas finitas que temos, por exemplo os royalties do petróleo e os recursos do Fundo Social do Pré-Sal, na educação. Um país do porte do Brasil só se transforma em uma nação desenvolvida se investir em educação”, disse a petista. Ela reforçou que é preciso primeiro investir em creches, não só para garantir que as mães tenham um local seguro para deixar seus filhos enquanto trabalham, mas para garantir o acesso igualitário à educação básica, com estímulos adequados à idade das crianças e garantir ainda que até os 8 anos de idade todos estejam alfabetizados. Dilma explicou que os recursos do pré-sal para a educação chegarão a R$ 112 bilhões em dez anos. “Começam com R$ 1,4 bilhão em 2014, devem saltar para R$ 3 bilhões em 2015 e para R$ 6 bilhões em 2016, chegando a R$ 13 bilhões em 2018”, projetou.