carlos-sampaio-foto-lucio-bernardo-jr.-camara-dos-deputados

Foto: Reprodução

Para o líder do PSDB na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP), mesmo diante das manifestações que levaram milhares de brasileiros às ruas de todo o país, neste domingo (15), o governo demonstra que ainda não aceitou o recado da sociedade e insiste em classificar os protestos como sendo de iniciativa de eleitores da oposição. Segundo Sampaio, isso ficou claro com as falas dos ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Miguel Rossetto (Secretaria-Geral da Presidência), em entrevista coletiva, há pouco, alvos de um novo panelaço em várias cidades. “Os ministros Cardozo e Rossetto foram os porta-vozes do discurso alienado e arrogante do governo, completamente desconectado com o que aconteceu nas ruas de todo o país neste domingo. Repetiram a ladainha de sempre, de que os protestos são uma iniciativa de eleitores da oposição, e acenam apenas com o envio de um pacote anticorrupção anunciado há meses, como se a questão levantada nas ruas fosse apenas essa. O governo reluta em reconhecer que perdeu a confiança dos brasileiros e demonstra não ter a humildade de perceber que está num beco sem saída. As manifestações de hoje foram apenas o começo”, afirmou Sampaio. De acordo com o líder do PSDB, “fragilizada politicamente junto ao Congresso, ilhada pela corrupção em seu governo e pela crise na economia e, hoje, pressionada ainda mais pelas vozes das ruas, a presidente deveria fazer uma reflexão profunda acerca da sua incapacidade de resolver as demandas apresentadas pela sociedade”.