Share Button

Por G1 BA

Fachada da Mansão Carlos Costa Pinto, no Corredor da Vitória, onde os trabalhadores caíram de elevador na Bahia | Foto: Alan Oliveira/G1

Fachada da Mansão Carlos Costa Pinto, no Corredor da Vitória, onde os trabalhadores caíram de elevador na Bahia | Foto: Alan Oliveira/G1

Dois homens morreram após o elevador que eles estavam despencar de um prédio de 18 andares, na manhã desta segunda-feira (18), no Corredor da Vitória, bairro nobre de Salvador. O Samu confirmou os óbitos e informou que um outro homem, de 44 anos, ficou ferido. A vítima, que teve uma lesão no tornozelo, foi socorrida e levada para o Hospital Geral do Estado (HGE). Não há detalhes do estado de saúde do homem. O elevador está instalado na área externa da Mansão Carlos Costa Pinto, para a realização de serviços no local. Informações preliminares apontam que os homens faziam a manutenção das piscinas que ficam nas varandas de cada imóvel, pois o edifício possui um apartamento por andar. Não há detalhes da altura os homens caíram. Nenhum funcionário ou representante da administração do edifício quis falar com a imprensa. Também não há detalhes do que causou a queda do elevador. Equipes da Polícia Militar e do Samu estão no local. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado, mas, até por volta das 12h50, a equipe do órgão não havia chegado ao local. O caso será investigado na 14ª Delegacia, que fica no bairro da Barra.