Share Button

Por G1 SP

Foto: Divulgação / GOVESP

Foto: Divulgação / GOVESP

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), reconhece que a possibilidade de endurecer a quarentena com medidas de lockdown é avaliada diariamente pelo comitê de saúde do estado, mas afirma que a estratégia não será aplicada neste momento. “Nos protocolos do comitê de saúde existe o lockdown, local e regional, mas neste momento ele não será aplicado. Nós estamos avaliando isso dia a dia, com cuidado, com atenção, com zelo, com as informações provenientes da equipe coordenada pelo Dimas Covas e também com as informações compartilhadas pelo secretário de saúde do estado”, disse João Doria em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (15). Embora não tenha uma definição única, o “lockdown” é, na prática, a medida mais radical imposta por governos para que haja distanciamento social – uma espécie de bloqueio total em que as pessoas devem, de modo geral, ficar em casa. Apesar de não cogitar lockdown neste momento, o governo estadual defende a adoção de novas medidas de restrição de circulação. O número de mortes por coronavírus no estado de São Paulo subiu para 4.501 nesta sexta-feira (15), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. Nas últimas 24 horas, foram 186 novos óbitos, o que representa um aumento de 6% em relação a quinta-feira (14). No total, são 58.247 casos confirmados da doença no estado.