Da RPC e do G1 PR
PF-cumpre-mandado-de-prisao_Odebrecht0

Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil

Duas pessoas foram presas nesta quinta-feira (11), na cidade de São Paulo, suspeitas de fazer apologia ao Estado Islâmico (EI) na internet. As duas prisões são temporárias, valem por 30 dias e foram realizadas na deflagração da 2ª fase da Operação Hashtag. Outras duas pessoas foram alvo de condução coercitiva, ou seja, levadas para prestar depoimento, sendo liberadas em seguida, no estado de São Paulo. Além disso, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão – sendo um deles, no interior do Paraná. Na 1ª etapa da operação, em 21 de julho, 12 pessoas também foram presas temporariamente, por 30 dias. Todas seguem detidas no presídio federal de Campo Grande (MS). Um menor foi apreendido na 1ª fase. De acordo com as investigações, os suspeitos envolvidos nesta nova etapa da Operação Hashtag fazem parte do mesmo grupo detido no mês passado. Por meio de nota, a Polícia Federal (PF) informou que todos os envolvidos nesta fase são brasileiros.