O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, afirmou nesta sexta-feira que o governo vai monitorar as redes sociais para identificar e excluir candidatos que usarem o celular dentro das salas de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na edição do ano passado, 65 candidatos foram punidos após publicarem fotos do cartão de respostas e da sala de provas em redes como Facebook, Twitter e Instagram.

“Não se enganem. Não tentem postar imagens no início do exame porque você vai ser identificado. Acredite nisso. Nós temos um monitoramento bastante eficiente, muito detalhado e ano passado, em questões de minutos, identificávamos quando o candidato postava uma foto e ele era retirado da prova e tinha sua prova anulada. Vamos manter esse acompanhamento”, alertou o ministro.

Orientação sobre horário 
O ministro da Educação recomendou que os candidatos tenham tranquilidade e se preparem para chegar aos locais de prova com antecedência. Por conta da Bahia não ter aderido ao horário de verão, que começou no último dia 20, o fechamento dos portões está marcado para as 12h do horário local. (Terra)