WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
Home . Inicio



Max Santa Luzia

Laboratório Checap

Adrivana Cunha - Hospital de Olhos

Império Store

Drogaria Santana

Equinox Gold fecha acordo para fusão com a Leagold, dona de mina de ouro em Santaluz, por mais de R$ 2 bilhões

Share Button
Mina de ouro localizada em Santaluz | Foto: DIvulgação/Leagold

Mina de ouro localizada em Santaluz | Foto: Divulgação/Leagold

A empresa Equinox Gold anunciou na segunda-feira (16) que fechou acordo de fusão com a Leagold Mining, dona das minas de ouro Fazenda Brasileiro Desenvolvimento Mineral (FBDM), no limite territorial entre as cidades de Barrocas e Teofilândia, e Santa Luz Desenvolvimento Mineral (SLDM), em Santaluz, na região sisaleira da Bahia. Em comunicado conjunto à imprensa, as empresas, ambas sediadas no Canadá, informaram que a transação deve ser concluída no primeiro trimestre de 2020, criando uma das maiores empresas de ouro do mundo, operando inteiramente nas Américas. O investimento será de US$ 578 milhões (R$ 2,23 bilhões) e dará aos acionistas da Equinox e da Leagold, respectivamente, fatias de 55% e 45% da empresa incorporada, que continuará a se chamar Equinox Gold.

Mina de ouro localizada em Santaluz | Foto: DIvulgação/Leagold

Mina de ouro localizada em Santaluz | Foto: Divulgação/Leagold

Um dos empreendimentos que fazem parte da transação, o projeto Santa Luz Desenvolvimento Mineral, localizado na cidade de mesmo nome, a 274 km de Salvador, está paralisado desde agosto de 2014, após decisão da Yamana Gold, proprietária da mina naquela época, sob justificativa de se concentrar em otimizar as recuperações de ouro, já que planta de processamento original, que era o carbono na lixiviação (CIL), não funcionava bem, ocasionando perdas financeiras que teriam tornado o projeto economicamente inviável.

Mina de ouro localizada em Santaluz | Foto: DIvulgação/Leagold

Mina de ouro localizada em Santaluz | Foto: Divulgação/Leagold

A Leagold adquiriu o empreendimento em 2018 e, em maio de 2019, com base em um estudo de viabilidade, anunciou planos para reiniciar a ampliação da mina no início de 2021, com orçamento de US$ 82 milhões (R$ 316 milhões na época) e previsão de conclusão em nove meses. Como o projeto tinha uma mina em operação anteriormente, toda a infraestrutura principal está instalada e a nova construção se limita principalmente à modernização da planta para recuperação de ouro usando resina versus carbono. “A Leagold antecipa o uso de uma abordagem baseada em EPCM [modo de contratação que inclui engenharia, suprimentos e gestão de construção] para vários componentes da construção da usina de Santa Luz”, anunciou a mineradora em um comunicado emitido em meados de 2019.

Com a fusão entre a Equinox e a Leagold, ainda não é possível afirmar se o prazo para o início das obras será mantido ou até mesmo antecipado, segundo fontes consultadas pela reportagem.

Notícias de Santaluz

1 resposta para “Equinox Gold fecha acordo para fusão com a Leagold, dona de mina de ouro em Santaluz, por mais de R$ 2 bilhões”

  • Mauricio Firmino Moreira disse:

    Desenvolvi e patentei o Sistema de Lixiviação Sob Pressão com eficiência de recuperação de até 96%, com o novo distena elimina por total o sistem CIL que acredito que poderá ser a solução para a recuperação de ouro do projeto Santa Luz

Deixe seu comentário



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia