Share Button

Prefeitura de Valente (BA) distribui kits de alimentação escolar para os alunos da rede municipal de ensino | Foto: Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) liberou no início de junho mais R$ 353,5 milhões para estados, municípios e o Distrito Federal aplicarem na alimentação escolar durante a pandemia de Covid-19. O repasse é referente à sexta parcela de 2021 do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), gerenciado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Ao todo, o Pnae já transferiu mais de R$ 2,2 bilhões para entes federativos de todo o país desde o começo deste ano. O Ministério da Educação ressalta que devido à suspensão das aulas presenciais por causa da pandemia, o governo federal alterou a legislação do programa para possibilitar a entrega dos alimentos diretamente às famílias dos estudantes. Conforme o MEC, os produtos são distribuídos em forma de kits de alimentação, definidos pela equipe de nutrição local, de acordo com as determinações do Pnae, como respeitar os hábitos alimentares, a cultura local e a qualidade nutricional e sanitária. 

Notícias de Santaluz