Os estrangeiros do Vitória protagonizaram um importante triunfo diante do Atlético-PR. Com gols dos argentinos Max Biancucchi e Escudero e outro do paraguaio Cáceres, o time baiano venceu por 3 a 2, em Feira de Santana, e assumiu a vice-liderança da Série A do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a equipe de Caio Junior chegou aos dez pontos, apenas um a menos que o primeiro colocado Coritiba. Já o Atlético-PR permanece com apenas cinco pontos e próximo à zona de rebaixamento. As duas equipes só voltam a jogar após a Copa das Confederações.

Atuando ‘em casa’, o Vitória começou melhor. Marcava a saída de bola e dava muito trabalho à zaga rival. Era um time intenso. O Atlético-PR, por outro lado, não se limitava a ficar atrás. Pelo contrário. Aos 13min, Ederson bateu e viu o zagueiro Victor Ramos evitar o primeiro dos paranaenses.

O jogo continuava bom. E os gols saíram. Aos 27min, Cáceres recebeu belo passe de Max Biancucchi e bateu cruzado, sem defesa para Weverton. Mas a resposta foi rápida. Apenas dois minutos mais tarde, Ederson aproveitou bate-rebate dentro da área baiana e tocou para o fundo das redes para anotar seu quarto gol neste início de Brasileiro.

Mas os baianos estavam melhores. E Max Biancucchi mostrou que vive uma excelente fase. Aos 36min, marcou um golaço. 2 a 1. Logo depois, Ederson acertou a trave empatou outra vez. “Precisamos manter a mesma pegada”, disse o atacante primo de Messi.

A partida continuou aberta. O Vitória jogava por um contra-ataque para definir o jogo. Já o técnico Ricardo Drubscky chegou a deixar o time atleticano com três atacantes (Marcelo, Marcão e Ederson). E a postura foi premiada. Aos 35min, Luiz Alberto desviou cobrança de falta batida por Paulo Baier e deixou tudo igual. Mas os baianos não desistiram. Na base da insistência, Escudero, aos 41min, selou o triunfo. (Uol)