Com informações do G1 Rio
cervero2

Nestor Cerveró realizou exame de corpo de delito no IML de Curitiba | Foto: Adriana Justi/G1

A Polícia Federal prendeu, pouco depois da 0h30 desta quarta-feira (14), o ex-diretor da área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró. Ele foi detido ao desembarcar no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, acusado de envolvimento na Operação Lava Jato. Por meio de nota, o Ministério Público Federal informou que foi cumprido um mandado de prisão preventiva, já que “há indícios de que o ex-diretor continua a praticar crimes e se ocultará da Justiça”. Ele deve ser levado para a sede da Polícia Federal em Curitiba (PR) ainda nesta quarta. Nestor é acusado de participação em crimes como corrupção contra o sistema financeiro nacional e lavagem de capital entre 2006 e 2012, conforme a denúncia aceita em 17 de dezembro pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Lava Jato na primeira instância.