Share Button

Foto: Nelson Jr./STF

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), votou nesta sexta-feira (21) pela suspensão do concurso da Polícia Federal, que tem provas marcadas para o próximo domingo (23). Fachin é o relator da ação que questiona a realização dos exames “mesmo com os inúmeros decretos restritivos dos Estados e Municípios, bem como os altos índices de contágios, infecções e mortes pela COVID-19 em todo o país”. A demanda foi apresentada por advogados de uma candidata de Pernambuco. Segundo o G1, a defesa da candidata argumenta que realizar a prova em meio à pandemia viola decisões tomadas pela Corte no ano passado, que reconheceram a autonomia de estados e municípios para tomar medidas para evitar o contágio pelo coronavírus. O julgamento do caso no plenário virtual ocorrerá ao longo desta sexta-feira. O concurso da PF vai preencher vagas para os cargos de delegado, agente, escrivão e papiloscopista.