marina_e_davila

Marina Silva dá entrevista exclusiva a Roberto D’Avila/GNews | Foto: Divulgação/ Ricardo Matsukawa

Neste sábado (13), na GloboNews, Roberto D’Avila entrevista a ambientalista Marina Silva, que faz um balanço da sua trajetória depois da eleição para presidente e analisa o processo político no Brasil. Ela relembra as dificuldades enfrentadas durante a campanha, marcada por ataques entre os candidatos. “Foi uma campanha difícil. A questão é que nós fizemos uma escolha: não queremos fazer um discurso na hora de ganhar e uma outra coisa na hora de governar. É preciso que o país, cada vez mais, possa entender que as lideranças políticas têm que participar da campanha falando a verdade. E falar a verdade tem um preço”, afirma. Sobre uma possível disputa em 2018, Marina prefere não marcar posição. “Não fico na cadeira cativa de candidata. Em 2010 não fiquei, não vou ficar agora. Vou continuar fazendo o que acho que é correto, com os meios de que disponho, para ajudar a contribuir com o nosso país. Sempre digo que a política tem uma boa dose de imprevisibilidade. Ninguém imaginava que eu pudesse apoiar o Eduardo Campos, nem eu mesma. O meu objetivo de vida é que o Brasil seja melhor. Que o mundo seja melhor”, explica. A entrevista com Marina Silva vai ao ar de sábado para domingo, à 0h05.

Deixo o seu comentário

comentário(s)