Pai teria escrito mensagem após envenenar comida da esposa e dos dois filhos.

Uma família de quatro pessoas foi encontrada morta na manhã deste domingo (8) no município de Cotia, na região metropolitana de São Paulo. De acordo com o delegado que investiga o caso, Ricardo Pagrion Filho, a polícia está trabalhando com a hipótese de homicídio seguido de suicídio. O principal suspeito de ter cometido os crimes é o cabeleireiro Claudinei Pedrotti Júnior, de 39 anos, que teria matado a sua esposa, também cabeleireira, Suelen Cristina da Silva, de 26 anos, e seus dois filhos: Vitória, de dois anos, e Pedro Henrique, de sete.

/ Crédito: Reprodução/Record

Todos foram encontrados na mesma cama, na casa de três cômodos da família no bairro Mirante da Mata. Na cozinha do imóvel foram encontrados quatro pratos de comida à mesa e uma frase escrita com lápis de cor na parede: “Deus que me perdoe, não consegui cuidar dos meus filhos”.

De acordo com o site da revista Veja, o cabeleireiro já havia comentado com uma prima que pretendia matar a família, mas sem entrar em detalhes sobre os motivos que o levariam a considerar estes crimes. Outros parentes foram ouvidos na delegacia e afirmaram que Pedrotti passava por problemas financeiros. (Correio)