O motorista Alexandro da Silva Oliveira, 37 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (26), após ser atropelado por um caminhão na BR-324, em frente à Pirelli, por volta das 7h. Ele estava indo para o trabalho em uma motocicleta CG, de placa JNG-9988, quando foi colhido pelo veículo e arremessado a cerca de 2 metros. 

De acordo com colegas de trabalho da vítima, o condutor do caminhão tentou fazer uma ultrapassagem e para evitar a colisão com a traseira de uma carreta, virou o veículo em direção à moto, provocando o acidente. O motorista fugiu do local. Os colegas de Alexandro informaram que ele ainda estava vivo quando o socorro foi acionado, mas a viatura da ViaBahia, segundo eles, chegou com mais de uma hora de atraso. “Se a ViaBahia tivesse vindo mais rápido ele não teria morrido”, disse um dos colegas afirmando que as câmeras de segurança da Pirelli teriam registrado o momento do acidente.
Um longo congestionamento se formou após o acidente, principalmente quando a Polícia Rodoviária Federal interrompeu o trânsito para a ViaBahia retirar o corpo. Alexandro trabalhava na Express Logística.  (Acorda Cidade)