Aldo Matos/Acorda Cidade

 

Um homem morreu no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) na madrugada deste sábado (7) após ser atingido por um tiro no peito, na BR-324, próximo à churrascaria Minuano, em Feira de Santana.

De acordo com o boletim de ocorrência do hospital, Juliano de Oliveira Costa, 30 anos, conduzia o veículo Celta, prata, de placa JQO-2602, quando foi baleado. Ele estava com a esposa, que ouviu o disparo e pensou que era uma bomba, quando ela olhou para o marido ele estava ferido. O casal seguia para a Exposição Agropecuária de Feira de Santana (Expofeira).

Um dos policiais, informou que Juliano disse a esposa que iria morrer quando sentiu que foi alvejado. Em seguida, Juliano curvou a cabeça até o volante e a esposa segurou a direção. O veículo colidiu em um paredão de som. Ele foi socorrido pela equipe de resgate da ViaBahia para o hospital por volta das 3h30 e não resistiu aos ferimentos.  O motivo e a autoria do crime já estão sendo investigados.

A vítima morava na rua Martins, no bairro 35ºBI, e segundo informações, fazia transporte clandestino de passageiros, mais conhecido como “ligeirinho”.

Na noite do crime ele foi a Expofeira à passeio, mas ao chegar viu a oportunidade de ganhar um dinheiro extra transportando pessoas para o local. Ele chegou a fazer duas corridas antes do fato. (Acorda Cidade)